Pesquisar este blog

sábado, 12 de abril de 2014

Nem todos levam a Deus!

     
     Nem todos levam a Deus! Por que será? Indo direto ao ponto digo que nem todos levam a Deus porque só há UM CAMINHO que nos conduz a DEUS: Jesus, que por meio de sua morte e ressurreição pagou o escrito de dívida que estava sobre nós!!!

   Você sabia, caro leitor, que até a sua igreja que você comunga pode estar atrapalhando a sua caminhada a Deus? É isso mesmo! Você quer saber como as igrejas, hoje, podem estar completamente fora dos propósitos de Jesus, o Cristo? Vamos analisar apenas quatro questões. Ok?

1 - As igrejas, hoje em dia, viraram empresas na sua esmagadora maioria; são empresas de grande, de médio e de pequeno porte e como tais, têm que manter a sua clientela e para isso trouxeram o mundo para dentro das suas reuniões e adaptaram a mensagem bíblica segundo os gostos dos seus clientes. Quantas igrejas você conhece assim?

2 - Os pastores dessas igrejas são vistos, na maioria das vezes, como porta-vozes de Deus que não podem ser contestados e porque fazem de tudo para agradar os seus clientes;
3- Para você participar dessa igreja você também deve, obrigatoriamente, pagar dinheiro para a manutenção dos grandes ou pequenos templos; pagar para manter o programa do seu líder carismático no "ar"; você deve pagar o luxo do pastor, quando há o caso; você deve pagar as missões, deve financiar as obras caritativas (além do dízimo e das ofertas que você já paga), a conta de luz, a conta de água, os salários dos funcionários, você deve comprar as suas literaturas, os cd's de pregação do seu pastor, enfim, você deve pagar e pagar durante toda a sua vida.  Perguntar não ofende: Jesus pediu para o jovem rico dar os seus bens para ele e seus apóstolos ou para dar aos pobres??? É claro que as igrejas também precisam de dinheiro, mas muitas igrejas têm sido verdadeiras máquinas devoradoras! A essas é que me refiro. Essas que são lideradas por verdadeiros CÃES GULOSOS!!! 
4 - Você deve estudar muito, fazer seminários, fazer "encontros com Deus", fazer estudos e mais estudos, lições de escolas bíblicas, e mais estudos e semanas de oração, semanas das vitórias, das bênçãos, da família, da libertação, das profecias, cultos e mais cultos, cantar, louvar, assistir os pregadores de fora, os famosos, os menos famosos, o fulano de tal que vai vir na minha igreja, ler muito a Bíblia, estudar o livro de Gálatas, por exemplo, semana que vem o livro dos Salmos e os livros indicados pela sua igreja, participar dos cultos de prosperidade, dos eventos sobre a Palavra, das vigílias, dos Congressos, etc. Reparou algo em comum nessas ações? Não??  Todas essas ações estão no campo da teoria. Há algo de errado com isso? Continue lendo.
   Leitores, quantas pessoas que nós conhecemos que só estão no lado teórico da coisa??? Teoria é importante? Claro que sim e temos mesmo que nos aprofundar nas verdades bíblicas, mas desde que elas se tornem uma prática na vida dos que a estudam. Só teoria, nada feito. Quantos pastores que você conhece que são apenas pastores, mas não são verdadeiros líderes religiosos? O que é um líder religioso?  Vou citar apenas três exemplos de líderes religiosos, segundo o meu entendimento,  para termos uma ideia: o primeiro exemplo não poderia deixar de ser JESUS, o CRISTO; o segundo exemplo é Madre Tereza de Calcutá; e o terceiro exemplo cito o brasileiro Chico Xavier. O que eles têm em comum? Zero apego aos bens materiais e profícua atividade em favor do próximo. Para ser líder tem que saber servir primeiramente. É errado ser rico? Não! Mas para ser um líder religioso não pega bem. Não estou falando da doutrina que a madre Tereza ou o Chico Xavier seguiam, mas dos exemplos de liderança prática em prol do próximo que eles demonstraram. Agora, repito a pergunta: quantos pastores vocês conhecem que não são apegados aos bens materiais e são ativamente engajados nas obras de caridade em favor do próximo, mesmo não sendo da sua congregação, como os exemplos citados acima? Responda para você mesmo.
   Fico me perguntando: será que o povo gosta de ser enganado? Não, não creio. Entretanto, muitos que vão às igrejas também são gananciosos e querem ficar fazendo negócio com Deus. Por que o povo, que se diz cristão, não consegue enxergar que não adianta nada ficar indo à igreja ou a qualquer outro lugar religioso se não consegue fazer nada pelo seu vizinho necessitado, seu irmãozinho sentado ao seu lado no banco da igreja ou qualquer outra pessoa? Só ser cristão dentro da igreja não vale e, às vezes, nem isso conseguem. O que que adianta ter um acúmulo teórico grande se não os põe em prática? Só pra relembrar: Naquele dia dirá o Rei aos que estiverem a sua direita: Vinde benditos de meu Pai... porque tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber ... 
   Enfim, por que que nem todos levam a Deus? Porque Jesus é o único Caminho, porque Jesus é a Verdade e porque Jesus é a Vida. Porque nem todos querem ensinar, na prática, que a verdade liberta e que o amor ao próximo é a marca registradíssima dos verdadeiros discípulos de Jesus que foram salvos por ele, por meio de sua vida, morte e ressurreição, e ficam dando alimento infantil para a congregação, adaptando a igreja a um estilo de vida distante dos ensinamentos de Jesus, fazendo estudos e mais estudos, fazendo show gospel para atrair multidões, falando de prosperidade material, disso e daquilo, mas não vivem o maior dos dons: o amor altruísta. Se todos nós praticássemos o amor fraternal, o reino de Deus já estaria estabelecido na terra há muito tempo. Foi o próprio Senhor Jesus que nos pediu para amarmos uns aos outros. Nós não precisamos ficar sentados, esperando que os cultos, as missas ou as reuniões espíritas mudem a gente porque o que muda a gente é a nossa vontade de querer mudar, vontade essa posta aos pés do nosso Senhor, é a nossa disposição na prática contínua do bem, é a nossa intenção sendo materializada em favor do verdadeiro necessitado e que nós temos que ser aquele bom samaritano. Eu sei que não é fácil, mas temos que tentar. Sim, a maior obra é levar Jesus ao incrédulo para que ele possa crer e agir, tendo sua vida transformada, mas não devemos descuidar de quem nos estende a mão. 
   Que Deus nos ilumine e que nós possamos não só querer, não só estudar, não só ficar no "vai com Deus, irmão, estou orando por você", mas que venhamos a trabalhar na seara do Senhor, levando sua única mensagem salvífica e fazer o bem a quem precisa assim como fez Jesus, o qual é o caminho que nos conduz a Deus.

   Que Deus nos ilumine!!!
  

9 comentários:

  1. Meu amigo Well, seu texto é provocativo, como é seu estilo. Se me permite, apenas gostaria de alertar para o perigo das generalizações (Tenho me relacionado há alguns anos com o pastor da minha congregação e atesto que é um homem simples e desapegado de bens. Ele sabe viver com pouco. Assim como ele, há milhares), e o perigo dos "exemplos distantes". Após sua morte, M.T.Calcutá se viu envolvida em escândalos homéricos. Foi acusada de usar os pobres para atrair recursos financeiros e fazia pouco por eles. Chico Xavier foi exemplo em muitos aspectos, sem dúvida, mas não podemos pegar o todo pela parte. Foi um homem que desprezou ensinos básicos das Escrituras sustentando que falava com mortos.(???). Deus nos julgará a todos.
    Se me permite ainda, no geral, seu texto é ótimo, no entanto para o "10" é preciso rever a referência ao amor, que não é um dom, trata-se de um mandamento. (Isso não é só teoria, a compreensão da natureza do amor bíblico influencia a forma como o praticamos). Parabéns. Forte Abraço.

    ResponderExcluir
  2. FILHO , GOSTO DE CONTESTAÇÕES ... SEU AMIGO ERCÍLIO ESTÁ SEMPRE ATENTO AS SUAS PUBLICAÇÕES, ISTO É MUITO BOM!!! CONTINUE NA PRÁTICA DO AMOR ,DA JUSTIÇA,DA HUMILDADE, , DO TESTEMUNHO, E , SOBRE TUDO VIVA A VERDADE QUE EMANA DA PALAVRA DO NOSSO DEUS. TE AMAREI SEMPRE!!! SUA MÃE BEIJÃO ,FILHO !!!

    ResponderExcluir
  3. Grato, Ercílio, pelas boas observações!

    Se reparou direitinho, eu não quis dizer que todas as igrejas são empresas, mas a esmagadora maioria; não quis dizer, também, que todos os pastores não são contestados, mas a maioria. Infelizmente, Erc, isso é verdade. Você sabe disso.

    Quanto à questão do amor ao próximo ser um dom ou mandamento, sinceramente, não vejo diferença significativa. Explico: sendo dom ou mandamento, se ele for praticado sem interesse, mas com altruísmo ele, pelo menos para mim, será o mais importante... Não foi à toa que o Mestre Jesus disse que os seus verdadeiros discípulos seriam reconhecidos por essa característica: "que vos ameis uns aos outros". Isso é o clímax da mensagem do Mestre...

    Grande [ ].

    ResponderExcluir
  4. Mãe, é por aí mesmo: "CONTINUE NA PRÁTICA DO AMOR ,DA JUSTIÇA,DA HUMILDADE, , DO TESTEMUNHO..." Também te amo.

    ResponderExcluir
  5. Wellington, é bem o que Jesus disse sobre o "ouça quem tem ouvidos", que podemos também entender como "quem tem olhos de ver que veja".

    ResponderExcluir
  6. Exatamente, meu amigo Paulo Neto. Há pessoas que não querem ver de jeito nenhum!!!!

    ResponderExcluir
  7. REPARE UMA COISA:
    TODA RELIGIÃO TEM UM MEMBRO EXEMPLAR CUJO NOME SE TORNA EXEMPLO DE VIDA PARA OS DEMAIS. INVENTAMOS MIL DESCULPAS POR NÃO CONSEGUIRMOS SER IGUAL A JESUS. AÍ APARECE UMA PESSOA COMUM QUE SE DESTACA NO BEM AO PRÓXIMO E ACABA AINDA SOFRENDO CRÍTICAS POR NÃO SER DA MINHA IGREJA,CONGREGAÇÃO, SEITA,RELIGIÃO,ETC... A IGREJA CATÓLICA TEM O HÁBITO DE REGISTRAR O PASSADO DE MUITAS PESSOAS QUE MORRERAM PELO NOME DE CRISTO OU DOARAM SUAS VIDAS PARA CRIAR UM TESOURO DO OUTRO LADO DA VIDA. O ESPIRITISMO TAMBÉM SEGUE PELO MESMO CAMINHO PROMOVENDO ÍCONES XICO,FREI,ETC... MAS E OS CRENTES, EM QUEM SE APEGAM? RESPONDO RAPIDAMENTE. SE APEGAM EM SUAS FRAQUEZAS POR SERVIR JESUS DIZENDO SER IMPOSSÍVEL SER IGUAL AO MESTRE, QUANDO NA VERDADE ELE FOI EXATAMENTE IGUAL A NÓS EM TUDO E NÃO PECOU SÓ PORQUE NÃO QUIS (FOI TENTADO PIOR QUE NÓS), OU SEJA, NOS (TODOS NÓS MESMO) FAZEMOS DE POBREZINHOS PARA JUSTIFICAR NOSSOS PECADOS E NOSSA FALTA DE AMOR. PENSO QUE OS EVANGÉLICOS TAMBÉM DEVERIAM SAIR DO OSTRACISMO E SE MOSTRAR SANTOS TAMBÉM, POIS SER SANTO NÃO É ALGO DE OUTRO MUNDO, É SER IMITADOR DE CRISTO. SEMPRE HAVERÁ ALGUÉM PARA OBSERVAR SOMENTE OS DEFEITOS DE UM OU OUTRO, SIMPLESMENTE PORQUE NÃO ESTÁ ACOSTUMADO A VER AS COISAS BOAS DAS PESSOAS,MAS TÃO SOMENTE SUAS FALHAS E ASSIM PODER JUSTIFICAR SUA MANEIRA DE VIVER E SEGUIR A CRISTO SEM PRECISAR "MUDAR" COMO BEM DISSE VOCÊ AO FINAL. NUNCA DECOREI NADA NAS ESCRITURAS E VOCÊ SABE BEM DISSO, POIS SEMPRE CURTO ENTENDER A MENSAGEM DE UM TEXTO INTEIRO E NÃO A DECOREBA DE UM VERSÍCULO APENAS. SENDO ASSIM MEU CARO WELLINGTON DEVO DIZER-LHE QUE SUA MENSAGEM NOS ENCHE DE ORGULHO E ADMIRAÇÃO PELO ENTENDIMENTO DA PALAVRA DE DEUS E DOS EXEMPLOS SUPRA-CITADOS EM SEU MAGNÍFICO TEXTO. QUANTO ÀQUELES QUE CRITICAM, OREMOS POR ELES PARA QUE SE CUREM DA CEGUEIRA ESPIRITUAL QUE OS ENVOLVE E DA DUREZA DE SEUS CORAÇÕES.
    FORTE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  8. José Noia, meu primo, que prazer ler o seu comentário. Deus te abençoe sempre!!!! Grande abraço.

    ResponderExcluir
  9. É sempre bom ressaltar que o amor ao próximo é uma característica de quem é seguidor de Deus. Todavia, nunca podemos esquecer do grande amor de Deus por nós, dando o seu filho unigênito para salvar a todo aquele que crê. João 3.16. O salvo é aquele que crê e que produz frutos dignos de arrependimento.

    ResponderExcluir