Pesquisar este blog

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Na sua igreja só o pastor prospera?



       E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.  Mateus 8:20
 
       Caríssimo(a) leitor(a), hoje quero conversar com você algo que se tornou extremamente corriqueiro em nossos dias, mas que na verdade reflete essas poderosas palavras do Ap. Pedro, inspirado pelo Espírito Santo: "...também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias..." II Ped. 2.3.
 
       Vamos fazer uma reflexão rápida e ver exemplos de líderes religiosos no Novo Testamento e compararmos a situação deles, ou seja, se eles eram ricos ou não materialmente falando. Vamos enumerar alguns:
 
1 - Jesus, o Cristo;
2 - Apóstolo Pedro;
3 - Apóstolo Tiago;
 4 - Apóstolo João; e
5 - Apóstolo Paulo.
 
Algum deles ficou rico às custas do evangelho???  N Ã O !!!
 
       Vejam bem: riqueza nunca foi pecado ou errado, desde que seja adquirida de modo digno. Entretanto, quando se fala sobre salvação, assuntos espirituais ou pregação do evangelho nunca, repito, NUNCA vemos ninguém, na Bíblia, ficar rico por ser um portador da  mensagem divina. Nunca vemos nenhum profeta do Antigo Testamento ficando rico ao cumprir sua missão de exortação ao povo de Israel e, tampouco, vemos um apóstolo de nosso Senhor ficando rico às custas das palavras de Jesus! Por que, então, hoje, vemos um número cada vez mais crescente de "líderes" religiosos enriquecendo tremendamente em nossos dias? Por que vemos, então, igrejas transformando-se abertamente em grandiosos negócios e empresas? Você, que frequenta uma igreja, já parou para pensar que, talvez, só o seu pastor é que prospera na igreja? Quando digo prosperar, refiro-me especificamente em ele ficar materialmente rico. Compare a situação dele quando ele fundou a igreja com os tempos atuais. Exemplo: ele tinha uma condição financeira "X" há 12 anos atrás quando fundou a sua igreja ( que ele diz que é de Jesus) e, atualmente, a sua condição "X" passou para " X¹°° " e a sua, muito provavelmente, continua a mesma ou, quiçá , pior. É Matemática pura, meu irmão! Se 1000 pessoas doam dinheiro para uma pessoa só, é óbvio que esse pastor vai ficar milionário e você, não. Isso implica em dizer que na sua igreja só ele realmente enriqueceu tremendamente. E como ele conseguiu isso? Roubando? Não, necessariamente. Você e todos os seus outros irmãos financiam o luxo desse "líder". Talvez, as pessoas que dão dinheiro nas igrejas tenham uma ótima intenção e, talvez, também dão dinheiro com o intuito de barganhar com Deus porque querem ficar ricas que nem ficou o seu "líder". Acorda, povo!!!! Jesus e os apóstolos nunca misturaram o evangelho com dinheiro. Nunca!!!! O dinheiro é para manter as necessidades da igreja (você, os outros membros e o seu pastor), mas não é e nunca foi para financiar o luxo desses "líderes" que vão dar contas a Deus de todas as suas reais intenções, assim como eu e você.
 
       Terminando, conclamo você a repensar sua vida espiritual no sentido de que você veja com os seus olhos que na Bíblia NUNCA vimos algum líder cristão rico materialmente falando, mas vemos todos eles ricos espiritualmente e cheios do Espírito Santo. Riqueza e Deus, em se tratando de salvação, são antagônicos. Lembrem-se desse verso: O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus. Filipenses 4:19 Todas as vossas necessidades e não todos os vossos desejos! Essas pessoas que ganham "rios" de dinheiro às custas do evangelho parecem que se esquecem que dentro em breve estarão mortas e seus corpos virando adubo, mas que ao ressuscitarem prestarão contas a Deus.
 
       Que Deus nos ilumine sempre.||Português: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada||2 Pedro||2||3

13 comentários:

  1. Wellington, na mosca meu amigo. E tem mais, aquele estudo que fiz sobre o dízimo, a conclusão é óbvia: quem deve pagar dízimo é produtor rural, pois os gêneros que planta crescem pela ação de Deus, razão pela qual deve retribuir 10% do que colher. Juntava-se tudo e distribuía aos necessitados.

    ResponderExcluir
  2. Wellington, o link para o texto que cito é: http://www.paulosnetos.net/index.php/viewdownload/7-assuntos-biblicos/302-dizimo-deve-se-ou-nao-pagar, estou postando para que caso alguém queira lê-lo tenha como fazer, OK?

    ResponderExcluir
  3. Muito bom! Os pastores distorcem a ideia que Jesus disse para desfazer dos bens materiais, e pegar a sua "cruz" e a partir disso, fazem com os fiéis entrem o dinheiro para a "Igreja", a pergunta é: Os pastores fazem o mesmo? A própria Igreja também faz o mesmo? Não, elas só enriquecem. Por que então com os "apóstolos, líderes, etc seria diferente?! Como bem citado no artigo, os primeiros apóstolos e seus seguidores faziam o mesmo?! Não é o lider do ministério que deveria dar o exemplo?! Nunca pararam para pensar nisso?! Nós sabemos que quem acaba ficando com o dinheiro, no final das contas é o rei e os amigos dele. Assim também é até na Politica. Numa espécie de pirâmide o rei e seus amigos, podem até ficarem ricos, mas antes de tudo, precisam fazer parte do "Esquema da Pirâmide". Como então entrar nesse mercado da fé? Eles recrutam aqueles que possuem potencial para ludibriar outras pessoas. Dão curso, salário, ternos, carro, mas com a condição deles não cometerem apostasia em suas Igrejas. E assim, quanto mais o recrutado é reverenciado pelo público, quanto mais obras ele faz dentro da igreja e quanto mais dinheiro ele faz circular, mais ele sobe na pirâmide, mais ele ganha e melhor é recompensado. Muitos até, chegam a criar a suas próprias franquias, quando não desistem de sua igreja por conta de confusões administrativas ou escândalos relatados na imprensa em geral. Vejam as obras dos Lideres Religiosos, observem os seus frutos, comparai-os e verão, a diferença dos cristãos que tiram o dinheiro do bolso de terceiros e não do próprio, para enriquecer ilicitamente, daqueles que tiram do próprio bolso, para espalhar a Boa Nova de Jesus. O mercado da fé é lucrativo. Para fazer uma igreja, é necessário valores astronômicos, do dinheiro empregado para comprar o Terreno, muitas vezes em locais caríssimos, até o valor empregado na construção de templos megalomaníacos. É necessário refletir. É preciso começar a pensar fora da caixa. Cada um segundo suas obras. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que belíssimo comentário!!! Grande [ ], prezado anônimo!!!!

      Excluir
  4. Os pastores, bem como qualquer pessoa, podem ser ricos, isso depende de conhecer as Leis da Riqueza, estabelecida por Deus, e segui-las. O que não se pode é ganhar dinheiro enganando as pessoas, isso é estelionato, o que causa uma grande dívida no mundo não físico. Tais pastores não são ricos (na essência da palavra), apenas têm dinheiro (sujo).

    ResponderExcluir
  5. É isso aí well, darão constas a Deus!!!

    ResponderExcluir
  6. Com exceção dos exemplos bíblicos, que nem de longe são seguidos, o restante é apenas um comércio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há muito comércio mesmo, caro Milton!!

      Excluir
  7. Realmente precisamos nos alertar sobre isso meu irmão Wellington, pois a cada dia vejo crescer o número de religiões e um novo líder religioso surge, porém não observo igual crescimento na Igreja de Cristo e, muito menos, um líder espiritual surgindo.
    Louvo a Deus pela sua vida meu irmão Wellington e te agradeço por se deixar usar pelo Espírito Santo, para ser um instrumento nas mãos dEle.
    Fiquem com Deus e um grande abraço a todos!
    Eduardo Pires.

    ResponderExcluir
  8. Eduardo, irmão, que Deus te abençoe cada vez mais. Apareça sempre por aqui com seus ricos comentários. Abração. Well

    ResponderExcluir